sábado, 27 de fevereiro de 2010

Review de LotS 2x12 "Hunger"


Para proteger o Seeker, Cara propõe um acordo mortal com o cruel Darken Rahl – enquanto o irmão cabeça-dura de Zedd inicia um trato com um suspeito mascate de magia que pode ameaçar o plano de Rahl.

Mais um filler, mais um ótimo episódio. Mesmo sem mudar muita coisa na história da temporada em si, Hunger serviu para que nós pudéssemos entender um pouco melhor os Banelings e perceber que eles são mais do que apenas máquinas não-pensantes de matar, e se aprofundou nos detalhes do pacto com o Guardião – afinal, como todo e qualquer contrato este também tem suas regras. Além disso, os motivos que levam as pessoas a aceitar o trato também foram explorados – como Cara, que só se tornou um Baneling para que pudesse continuar protegendo o Seeker. Aliás, vê-la agindo como um zumbi sedento de sangue foi um dos pontos altos da temporada até aqui. Tivemos ainda o retorno do trambiqueiro Sebastian e do irmão de Zedd, Thaddicus (cujas motivações e sentimentos também foram explorados), que deram um toque mais leve e divertido ao pesado clima do episódio. Com várias referências a episódios passados (como a máquina e os mapas encantados de Sebastian), um ótimo trabalho na psique dos personagens, ótima direção e um roteiro coeso e sem furos, Hunger já pode ser considerado um dos melhores episódios de “Legend of the Seeker”.
Ponto alto: O episódio teve vários ótimos momentos: a conversa entre Cara e Darken Rahl no Submundo; Cara, cheia de brotoejas na cara, matando sem dó para continuar viva; o sacrifício de Thaddicus em busca da redenção; e Kahlan confessando para Cara que entendeu seus motivos e faria o mesmo por Richard. A química entre Thaddicus e Sebastian também foi muito bacana, e se fez presente principalmente na cena final, que mostrou que ainda podemos ver estes adoráveis personagens de volta.

Nota: 9,5

3 comentários:

Djeine disse...

Realmente o episódio traz um equilíbrio muito bom nos personagens, concordo com seu comentário e vejo Lots crescendo a cada momento, tomara que continue assim e tenha chabce apra mais uma temporada, pois a muito pra contar dos livros de Terry Goodkind.

disse...

Mais um episódio perfeito.
Como foi legal ver a humanidade da Cara finalmente aflorar. Incrível a lealdade dela pelo Richard, a ponto de peitar o Rahl sem nenhum temor.
E que legal também ela saber que eles realmente se importam com ela.
Amei esse episódio.

Poeta Vagabundo disse...

Muito bom mesmo! Cara de Baneling ficou simplesmente perfeito! E quando ela não consegue matar o irmão de Zedd, muito massa.