domingo, 11 de outubro de 2009

Um Raio-X de LotS - Primeira Temporada


Faltando menos de um mês para a estréia da segunda temporada de “Legend of the Seeker”, fizemos uma análise do que houve com a série até o momento. Não olhamos apenas para a história do programa, mas sim para tudo o que ocorreu dentro e fora dele. Nosso foco principal é questionar os rumos que a série tomou e o que podemos esperar da tão aguardada segunda temporada.

Por Caio Falcão

Em meados de janeiro de 2008, começaram a surgir os primeiros rumores sobre uma nova série de fantasia épica em syndicated, Wizard’s First Rule, inspirada no livro homônimo de Terry Goodkind. Desde o início, esta foi considerada uma aposta arriscada dos estúdios Disney-ABC (produtores de “Power Rangers”), principalmente por causa do formato de exibição do programa, visto que poucas séries em syndicated obtiveram sucesso. Outro motivo para preocupação foi o fato de a série ter como produtores-executivos Rob Tapert e Sam Raimi – criadores de “Xena” e “Hércules”, duas séries que, por mais fã que eu seja, são extremamente trash. Porém, pouco tempo depois, a série, agora com o título “Legend of the Seeker”, estreava com uma audiência e uma premissa que lhe garantia um futuro longo e próspero.

The Seeker is Back!
A série começa de forma espetacular. Vemos duas mulheres à cavalo serem perseguidas por um grupo de soldados fortemente armados. Logo, uma delas morre, deixando uma missão para a outra: encontrar alguém e entregá-lo o misterioso Livro das Sombras. Sozinha, Kahlan atravessa uma enorme muralha de magia, conhecida como a Fronteira, mas é seguida pelos soldados. Pouco depois, somos apresentados ao jovem Richard Cypher, que vê seu destino ser completamente mudado ao salvar Kahlan do grupo de homens. Isso porque, mais tarde, ele descobre ser o primeiro verdadeiro Seeker nos últimos mil anos, cujo destino é depor o cruel tirano Darken Rahl e salvar seu povo. Para tanto, ele conta com a ajuda da misteriosa Kahlan, que logo descobrimos ser uma Confessora (uma mulher com o poder de colocar qualquer pessoa sob seu comando com um único toque) e do mago Zedd, que tem muito mais a revelar do que seu Fogo de Mago.


Logo depois, Richard vê seu pai ser violentamente morto pelo vilão Ranssyn Fane, braço direito de Rahl, e vai atrás dele. Porém, num embate sozinho contra Fane, Richard leva a pior, perdendo o Livro. Pouco depois, Richard aceita seu destino como o Seeker, e é nomeado por Zedd.

Fane inicia então uma jornada para entregar o Livro para Rahl, chegando a capturar a filha de Chase, um amigo de Richard, para poder usá-la numa barganha com uma feiticeira que possui uma pedra que pode abrir a Fronteira. Richard salva a jovem, mas Fane foge mais uma vez. Porém, Richard vai atrás do vilão, e o confronta novamente, dessa vez ao lado de Kahlan, e, usando o poder da Espada da Verdade, o mata. O Seeker retoma o Livro das Sombras, mas, numa sacada explosiva, destrói o Livro, para que Rahl não possa se apoderar dele. Essa batalha foi vencida, mas a jornada do herói está apenas começando...

“Três Caixas para a todos governar...”
No início, LotS tentou seguir a linha “uma história com início, meio e fim por episódio”, mas isso se mostrou praticamente impossível à medida que a temporada foi decorrendo. Isso porque os fãs da obra de Goodkind não demoraram a chiar por causa das diferenças entre livro e série, e os produtores logo começaram a investir um pouco mais na intricada mitologia que estaria presente em praticamente todos os episódios.


A principal trama da temporada foi a das Caixas de Orden, as três misteriosas caixas que surgem no final do episódio 1x07, Identity, e que, se reunidas, têm o poder para colocar todas as pessoas sob sua vontade – ou seja, uma arma e tanto nas mãos de Rahl. Então, para evitar que as Caixas de Orden fossem parar nas mãos de Richard e companhia, o tirano revelou sua mais terrível tática: as Mord-Sith, um grupo de mulheres que usam de métodos nada ortodoxos para dominar as pessoas. Uma delas, Denna, chega a capturar Richard e a torturá-lo, para levá-lo para o "lado negro da força" – porém, para nossa felicidade, ela não conseguiu. Logo, essa busca pelas Caixas se tornou uma grande caçada, e a cada momento elas trocavam de mãos, até que descobrimos que Richard tem uma irmã, Jennsen, uma jovem que não pode ser afetada por nenhuma forma de magia. Após descobrir a força do poder de Orden, o Seeker decide separar as Caixas, ficando com uma e deixando as outras com a irmã.

Um amor além de “Romeu e Julieta”
Sem dúvida, um dos elementos de maior sucesso em “Legend of the Seeker” foi o romance entre Richard e Kahlan. Um amor inicialmente confuso, mas que aos poucos se revelou impossível. Afinal, caso se relacionasse mais “intimamente” com Richard, Kahlan poderia libertar um poder que não seria capaz de controlar, colocando Richard sob seu comando, e acabando de vez com a missão de derrotar Rahl.

A situação começa a ficar complicada quando os dois percebem que estão realmente apaixonados um pelo outro. A feiticeira Shota revela que Kahlan irá trair Richard e esta, para evitar que algo ruim aconteça ao Seeker, decide deixá-lo para cuidar de outras obrigações. É nesse momento que Denna aparece e seqüestra o herói, fato que é um dos momentos mais tensos da série. Porém, Kahlan descobre tudo a tempo e percebe que não poderia haver traição maior para com o Seeker do que deixá-lo, e vai até o cativeiro, para salvá-lo.

Outro momento decisivo para o desenrolar desse conturbado romance acontece quando os dois são possuídos pelos espíritos do último Seeker, Kieran, e sua amada, Viviane, que era uma Confessora. Eles ficam por um triz de “avançar o sinal”, até que Zedd aparece e acaba com a festa, motivado pelo discurso do espírito do feiticeiro Amfortas, antigo mestre de Kieran, e que foi responsável pela morte do Seeker, quando viu que este havia sido dominado pelo poder de Viviane. É nesse mesmo episódio ainda que é citado um dos maiores mistérios da série: quais são os reais poderes do Seeker? Essa é uma trama que terá ramificações na próxima temporada.

A linhagem de um herói
Outra das grandes tramas da primeira temporada foi a relação de parentesco entre Richard e Zedd. No quarto episódio, Brennidon, o Mago se vê obrigado a revelar um grande segredo para Kahlan: ele é avô do Seeker. Esse segredo é mantido entre eles durante grande parte da temporada, até que, no episódio 16, Bloodline, a mãe biológica de Richard, filha de Zedd, aparece na série juntamente com sua filha Jennsen, mas é capturada por Denna, que pretende usá-la em troca das Caixas de Orden. Zedd então decide revelar seu grande segredo para o neto, o que resulta numa das cenas mais emocionantes da temporada. Pouco depois, Richard presencia a morte de sua mãe, sem nem ao menos conversar com ela. Esta poderia ser a deixa para o jovem se rebelar, mas ele opta por se aproximar ainda mais de seu avô. Isso mostra que ele não é mais o jovem imaturo e impulsivo do início da temporada, mas um verdadeiro herói que não se deixa abalar por nada. E o crescimento emocional dos personagens, principalmente Richard, também é um elemento muito bem trabalhado pelos roteiristas.


E, é claro, não podemos nos esquecer da revelação bombástica feita por Rahl no episódio 21, Fever: ele e Richard são irmãos. Não se sabe ao certo se isso é verdade ou apenas parte do plano do tirano, mas sabe-se apenas que esta história ainda vai render muito pano pra manga, além de novas tramas e mistérios para a segunda temporada...

O Retorno do Livro das Sombras
Mais adiante, Richard descobre que a única forma de dominar o poder das Caixas é com a ajuda do Livro das Sombras. Porém, como fazê-lo, se o Livro foi destruído logo no segundo episódio da série? Os produtores decidem então trazê-lo de volta, o que resulta no único furo da temporada. Afinal, seria melhor nem tê-lo destruído, uma vez que ele se mostraria tão importante no final – sinal de que o final da temporada não foi planejado desde o início...

De volta para o futuro, Reckoning
O retorno do Livro das Sombras trouxe um fato decisivo para o final: para não ser dominado pelo poder das Caixas, Richard deveria ser confessado por Kahlan ao mesmo tempo em que reunia as Caixas. Porém, Darken Rahl envia suas Mord-Sith para deter o Seeker, e, numa explosão de magia resultante dos poderes de Orden, Confissão e Agiel, Richard é mandado para o futuro junto com a Mord-Sith chamada Cara, e descobre um mundo terrível, controlado pelo filho de Darken Rahl. Decidido a mudar esse futuro, ele volta para o exato momento em que as Mord-Sith chegam, e consegue evitar que ele aconteça. Darken Rahl então aparece, e, num acesso de fúria, usa a Espada da Verdade para separar as Caixas. Uma nova explosão acontece, e o tirano morre, queimado pelo poder de Orden.


Todos os fãs da série esperavam um confronto decisivo entre Richard e Rahl, mas, no final, a morte “acidental” do tirano fez mais sentido. Afinal, Rahl não fez absolutamente nada contra Richard. Não foi ele quem matou seu pai. Não foi ele quem matou sua mãe. Não foi ele quem matou seu irmão. Então, que motivo Richard teria para matá-lo? Pelo contrário. Se Richard tivesse matado Rahl, seria ele o assassino, não o rei. O sentimento de vingança motivou Richard a matar Fane, por exemplo. No caso de Rahl, esse sentimento não existia.

No final, tudo acaba bem. Richard afinal cumpriu seu destino, mas, como diz o próprio Zedd: “Com a morte de Rahl, novos e inimagináveis perigos irão surgir”. O que significa muitos novos desafios, profecias, inimigos e também amigos para o Seeker em sua jornada. Pois o fim ainda não chegou, e uma nova jornada irá começar.

O que esperar da segunda temporada?
Os produtores da série utilizaram uma estratégia ousada durante a primeira temporada: resolver o máximo de mistérios possíveis para não deixar nenhum para trás e abrir brechas para novas tramas. No final, foram apenas duas as grandes pontas deixadas: os reais poderes de Richard e o parentesco entre ele e Rahl.

Ao que parece, ambas as respostas serão dadas logo no primeiro episódio da nova temporada, para que a nova trama mestra seja apresentada: com a morte de Rahl, uma grande passagem foi aberta no Submundo, e as criaturas que ali habitavam escaparam, e vão tocar o terror em Midlands. E, como se não bastasse, o próprio Rahl pode voltar (em espírito, claro), assim como vários outros defuntos da temporada passada, o que pode render situações engraçadas, emocionantes, assustadoras e cheias de adrenalina – ou seja, tudo o que os fãs querem ver...

Aliás, a segunda temporada tem tudo para ser ainda melhor que a primeira: a trama principal será apresentada de forma mais rápida, e pode abrir as portas para que várias criaturas apareçam na tela.

Afinal, a missão do Seeker terminou, mas ainda há muito o que fazer...

6 comentários:

disse...

Caio

Vou definir seu raio X com uma so palavra: SENSACIONAL!!!!!!

Caio disse...

Valeu Zê. Deu um trabalhão... mas valeu a pena.

B. Dugrey disse...

antes de tuuuudo, preciso concordar totalmente com a Zê: SENSACIONAL! Eu li e fiquei atônita.

Tantos momentos 'esquecidos'. Nem lembrava mais do Ranssyn Fane... Posso confessar que ADORO a Denna?
"Eles ficam por um triz de “avançar o sinal”, até que Zedd aparece e acaba com a festa" - eu ri demais, fato.
Concordo que a historia do 'book of counted shadows'foi um furo, mas a maneira que eles acharam pra reverter a situação foi ótima, eu achei um episódio muito bom.
Rahl, meu amor, o quero de vooolta.


O que EU espero pra segunda temporada? Mais cenas 'fofas' entre o Richard e a Kahlan.

Obs: O melhor do seu raio X, Caio, você fez um ótimo texto, coerente e talz... mas trechos com "e vão tocar o terror em Midlands" me fizeram rir bastante. Adorei. Ficou perfeito.

oh, desculpe. eu falo E escrevo demais. =x

Hyskal disse...

Este blog simplesmente é fantastico. Além de disponibilizar os episódios em excelente qualidade para download, ele nos dá a chance de interagir com as opiniões que temos a respeito desta série. Vlw msm, a primeira temporada foi realmente muito boa e este raio-X é o espelho da realidade. Um abraço, Hyskal.

seila191 disse...

É isso ai, acabei de ver o ultimo episodio da primeira temporada agora, MUITO DIFUDE!!!!!!!!!, e esse seu raio-x foi muito bom, principalmente no que esperar da segunda temporada(eu sei que já lançou, mas só devo com eçar amanhã +-), então gostaria de agradeçer muito por este site, muito bom, assim como o raio-x, flw gente

Sko disse...

Parabens cara
muito bom mesmo,
nao sie o que sera de nos sem Legend of the seeker :/