quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Review de LotS 2x04 "Touched"


Kahlan e Richard precisam salvar uma misteriosa garota que é a única outra Confessora viva, e tentam impedi-la de libertar acidentalmente o poder que possui.

Para começar, gostaria de dizer que não vou me alongar muito nesse review, pois Touched foi um episódio que me despertou poucas palavras. Mas uma coisa é certa: a segunda temporada de “Legend of the Seeker” está rápida demais. E Touched foi um exemplo claro dessa correria, assim como o episódio inicial da temporada, Marked. A impressão que eu tive, após assistir ao episódio, foi de que a equipe pegou vários episódios e enfiou tudo num só. Afinal, muita coisa aconteceu em muito pouco tempo, e isso acaba fazendo com que a história não seja desenvolvida da forma que merecia. Felizmente, Touched contou com um bom roteiro da estreante na série Arika Lisanne Mittman, que conseguiu desenvolver bem as tramas do episódio sem deixá-lo corrido demais, e felizmente, mergulhou fundo na mitologia da série (a cena da floresta das Night Wisps foi linda), resolveu todas as situações no final, sem deixar pontas soltas e inserindo um novo elemento na história: uma misteriosa bússola. Outro grande acerto do episódio foi no desenvolvimento dos dramas dos personagens: Kahlan lutando para salvar Richard (que, por sua vez, lutava para salvar Annabelle), Zedd desconfiado de Cara (mas se unindo a ela no final), e sobrou até para um romance entre Flynn e Annabelle. Os quesitos técnicos também foram mais que acertados, desde os efeitos até a trilha sonora e a fotografia.
Ponto alto: ver Richard confessado foi muito legal, ainda mais que tudo se resolveu bem no final. A cena em que ele e Kahlan quase transam também foi muito bacana, apesar de parecer um pouco forçada, mas deu novos ares ao romance dos dois.
Ponto baixo: Nem preciso comentar, né? Não gosto de episódios corridos, gosto de ver os dramas de cada personagem sendo bem desenvolvidos, em compasso com as tramas que formam a mitologia da série. Nesse quesito, Broken continua sendo o melhor até agora, e Baneling, o mais fraquinho.

Nota: 8,5

2 comentários:

disse...

Desde a promo que eu ja reclamava do fato do Richard ser confessado. E depois de ver o episódio minha raiva so aumentou. Detestei aquela confessora de meia tijela. Deu vontade de matar quando ela confessa o Richard por puro egoismo, mesmo depois que a Kahlan falou pra ela sobre a importância do poder de uma confessora e ela saber do amor que ela tinha pelo Richard. Desejei do fundo do coração que a Cara tivesse lá e na hora e tivesse acabado com ela de vez. Pronto desabafei!!
No mais adorei ver a cena Hot Hot dos dois. E mais uma vez a praga do Zed sempre aparece no momento errado, quando eu pensei que ia ter pelo um abraço carinhoso dos dois, ele surge tagarelando.

Ah foi muito lindo quando ele diz que parte dele queria que ela não tivesse parado....ah me derretí toda!!!

Caio disse...

Ah Zê... Eu até que gostei dela. Adoro a Aimee, ela deu uma abrilhantada no episódio.

Mas eu confesso que ela confessou o Richard sem motivo algum, e eu até desejei que a adaga da Kahlan tivesse acertado ela. Mas foi legal ver o Richard confessado... deu para dar uma renovada no romance entre ele e a Kahlan.