quarta-feira, 28 de abril de 2010

Review de LotS 2x18 "Walter"


Darken Rahl planeja seu retorno ao mundo dos vivos, usando um infeliz que se parece com ele, enquanto o Seeker corre para encontrar um pergaminho roubado que guarda a chave de sua jornada para a Pedra de Lágrimas.

Impressionante como um episódio pode ser uma completa bomba em seu início, e simplesmente maravilhoso em sua segunda metade. Walter começou como se fosse um episódio que apenas contaria a história chatíssima do personagem título, um atrapalhado sósia de Darken Rahl. E foi assim até mais ou menos a metade do episódio, quando a história de Walter chega aos momentos atuais. A partir daí, foi uma sucessão de momentos empolgantes, boas sacadas, reviravoltas de tirar o fôlego e grandes cenas de ação. E o retorno de Darken Rahl! Tudo bem que a forma encontrada para trazer o vilão de volta foi muito clichê, mas até que foi interessante. Walter é um personagem adorável, e a forma encontrada para dar seu corpo para Rahl sem matá-lo, e ainda por cima dando-lhe um final feliz, também foi um grande acerto. A única coisa que eu não consigo entender é como os personagens se acostumam rapidamente com seus novos rostos! Então quer dizer que você passa a vida inteira com uma cara e, de repente, muda completamente e aceita numa boa? Um pouco irreal demais isso, até mesmo para uma série de fantasia... Mesmo assim, com seus furos de roteiro, cenas chatas, clichês e tudo o mais, Walter foi um episódio divertido, que cumpriu bem seu papel e serviu como boa introdução para o novo Darken Rahl.

Nota: 8,5

4 comentários:

André disse...

Olá, acompanho seu blog ja a algum tempo, mas esta de fato é a primeira vez que eu posto um comentario. Gostaria de salientar que em relação a este episodio todos os elogios deveriam ir para Craig Parker, o interprete de Darken Rahl/Walter. Apesar dele ser mais um famoso "arroz de festa" de varios filmes, sua capacidade de mudar de Darken Rahl para Walter tornou o episodio ainda mais engraçado. Definitivamente um dos pontos altos do episodio.

Quanto aos cliches..bom, tenho que concordar com vc...para vc ter uma ideia, ninguem mais se assusta com a morte..afinal de contas vc pode voltar atraves de um mago de primeira ordem (que sempre diz que a magia é muita antiga, mas sempre sabe como desfazer), atraves de uma maquina de ressuceição ambulante (a deliciosa Cara que distribui generosamente seu sopro da vida pra geral) ou então voltar como baneling que pelo visto naum é taum ruim a naum ser que vc se importe muito com o cheiro de podre..mas ao longo da serie parece que pouca gente se importa...

Mas..essas coisas são o onus de se gostar muito de uma serie..vc acaba tendo que dar um desconto pra certas coisas...

Daki vou fazendo minha parte para a serie naum acabar..ou se acabar pelo menos encerrar a historia de uma maneira plausivel, ne?

Grande abraço
Andre Wolf

Rafa disse...

eu gostei do episodio.

sempre disse q a temporada tava fraca, mas gostei desse episodio.

Realmente o Craig fi surprendente. Ele foi o astro desse ep.

Mas, a serie ta com cara de fim mesmo.

Vamos torcer q n...

Rod disse...

Alguém já pediu pro Ashton retwitar o #savetheseeker?

Quem sabe ele dá uma força.

Poeta Vagabundo disse...

Gostei muito, do início ao fim. Bem interessante essa história de Rahl voltar a viver, pra sentir a vida novamente. Só fiquei meio assim com essa aliança que ele vai fazer com Richard, Rahl não pode virar bonzinho, se tem que ser aliança, que seja pro interesse dele, mas vamos esperar os proximos.